Publicidade


5 doenças da coluna que podem aposentar

21 maio 2022|Postado em:Notícias


Publicidade



 

 

Conheça as doenças mais comuns que geram direito a aposentadoria por invalidez do INSS

Somente as pessoas que sofrem diariamente com dores na coluna sabem o quanto se torna difícil realizar as atividades profissionais, seja as mais simples, devida a sua condição.

E o mais complicado disso tudo é que muita gente acaba não entendendo o quanto dói realizar um simples movimento. Nesse sentido é importante lembrar que os trabalhadores que sofrem com essas dores muitas vezes podem garantir benefícios pagos pelo INSS.

Caso sua dor na coluna esteja deixando você incapaz para exercer até tarefas mais simples de qualquer trabalho ou ainda do dia a dia, é bem possível que você possa se aposentar por invalidez.

A aposentadoria por invalidez é um benefício concedido ao trabalhador que se torna permanentemente incapaz de trabalhar e nem consegue ser reabilitado para outra função.

Nesse sentido, hoje vamos apresentar as cinco doenças da coluna mais comuns que podem gerar o direito à aposentadoria por invalidez ou pelo menos o auxílio-doença.

Doenças da coluna que aposentam

Confira as doenças da coluna mais comuns e que podem dar direito a aposentadoria caso o trabalhador se torne permanentemente incapaz de trabalhar:

  • Hérnia de disco;
  • Osteofitose (bico de papagaio);
  • Discopatia degenerativa;
  • Protusão discal;
  • Cervicalgia.

Vamos conhecer os sintomas mais comuns de cada uma dessas doenças.

Hérnia de disco

Entre os principais sintomas temos:

  1. Dor irradiando para as pernas;
  2. Dor na região lombar, com piora à flexão da coluna vertebral;
  3. Sensação de formigamento, sensação de queimação irradiada;
  4. Sensação de fraqueza nas pernas;
  5. Dificuldade em elevar a parte anterior do pé;
  6. Dor ao longo do trajeto do nervo ciático.

Osteofitose (bico de papagaio)

Entre os principais sintomas temos:

  • intensas dores nas costas;
  • perda da força muscular, dos reflexos e da sensibilidade;
  • existência de limitação dos movimentos;
  • sensação de formigamento.

Discopatia degenerativa

Entre os principais sintomas temos:

Dores na lombar e/ou na cervical (região do pescoço podendo irradiar para membros superiores e inferiores;

Dormência e formigamento dos membros;

Fraqueza nos músculos.

Protusão discal

A protusão discal é o desgaste do disco localizado entre as vértebras. Entre os principais sintomas temos:

Protrusão discal cervical – Sintomas 

  • Dor no ombro;
  • Dor nos braços
  • Deterioração da habilidade motora fina das mãos;
  • Dor no pescoço.

Protrusão discal torácica – Sintomas 

  • Dor na região torácica ao tossir;
  • Dor na região torácica ao espirrar.

Protrusão discal lombar – Sintomas 

  • Formigamento nas pernas;
  • Déficit de força muscular nas pernas;
  • Dificuldade de caminhar;
  • Formigamento nos glúteos;
  • Formigamento na região genital.

Cervicalgia

Entre os principais sintomas temos:

  • Espasmos musculares nas regiões cervical e supraescapulares.
  • Diminuição da amplitude de movimento de rotação, lateralização e flexo-extensão da coluna cervical.
  • Dor que começa na nuca e se irradia para região supraescapular, interescapular e couro cabeludo.
  • Sensação de peso nos ombros e parte alta das costas. Às vezes, acompanhada de ardência.
  • Formigamento para ombros e braços.
  • Cefaleia.
  • Ao realizar rotação, o paciente relata que sente como se existisse areia entre as vértebras (crepitação).
  •  Fraqueza no ombro e braço, relatando dificuldade de segurar um copo com água ou livro.

Outras doenças da coluna

Caso sua doença da coluna não esteja listada mas você está incapacitado de trabalhar você também poderá pleitear o direito a aposentadoria por invalidez.

Lembre-se, para garantir o direito à aposentadoria por invalidez não é necessário ter determinada doença, mas sim, que a doença torne o segurado permanentemente incapaz de trabalhar e de ser reabilitado em outro tipo de trabalho.

 

Fonte: Jornal Contábil

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: