Publicidade


5 doenças da coluna que podem dar direito a aposentadoria

2 jul 2022|Postado em:Notícias


Publicidade



5 doenças da coluna que podem dar direito a aposentadoria

Imagem da internet/Canva

Confira quais doenças da coluna mais podem gerar direito a aposentadoria do INSS

Sofrer todos os dias com dores na coluna realmente é algo muito difícil de se lidar, principalmente quando ainda temos que pensar em exercer as atividades do trabalho que muitas vezes acabam prejudicando a situação.

Nesse sentido, uma em cada três das causas que mais causam a invalidez no trabalho estão diretamente relacionadas a problemas na coluna, uma das doenças mais comuns que existem.

Dessa forma, nos dias atuais de cada 100 pessoas que estão incapacitadas para o trabalho e estão em busca da aposentadoria, 33 delas estão relacionadas a dores da coluna.

Doenças que aposentam

Sendo uma das causas que mais afastam os trabalhadores, conheçam 5 doenças da coluna que podem gerar direito a aposentadoria por invalidez ou ao auxílio-doença:

 

Osteofitose (bico de papagaio)

Bico-de-papagaio ou osteofitose é uma patologia que se caracteriza pelo crescimento anormal de tecido ósseo em torno de uma articulação das vértebras cujo disco intervertebral, que deveria funcionar como amortecedor entre os ossos, está comprometida.

 

Hérnia de disco

A hérnia de disco se trata de uma lesão que ocorre com mais frequência na região lombar. Essa doença é a que mais provoca dores nas costas e alterações de sensibilidade para coxa, perna e pé. Aproximadamente 80% das pessoas vão experimentar a dor lombar em algum momento de suas vidas.

 

Discopatia degenerativa

A discopatia degenerativa acompanhada de desidratação discal é uma consequência do envelhecimento fisiológico natural do disco.

Os discos na coluna são constituídos essencialmente de água. Com o passar dos anos, eles perdem líquido e ficam mais finos. Com os discos mais planos, há maior dificuldade em absorver choques, pois significa menos amortecimento entre as vértebras. Isso pode levar a problemas na coluna que causam dor.

 

Cervicalgia

A condição conhecida como cervicalgia, ou dores na cervical, consiste em incômodos nessa região, os quais podem surgir por uma série de fatores, especialmente sedentarismo, má postura, esforços repetitivos, pelo envelhecimento e traumas.

Há ainda casos em que o problema pode ser originado por estresse, depressão, hérnia de disco, questões neurológicas e doenças reumatológicas.

 

Protusão discal

A protusão discal, também conhecida como abaulamento discal, consiste numa deslocação do disco gelatinoso que fica entre as vértebras, na direção da medula espinhal, causando pressão sobre os nervos e levando ao surgimento de sintomas como dor, desconforto e dificuldade para se movimentar.

Este disco intervertebral, tem a função de amortecer o impacto entre as vértebras e facilitar o deslizamento entre elas, permitindo executar movimentos com facilidade.

Doença degenerativa dá direito a aposentadoria?

Os trabalhadores que possuem algum tipo de doença degenerativa podem garantir direito a aposentadoria por invalidez..

No caso, para que a doença degenerativa dê direito a aposentadoria, será necessário que a doença atinja o nível que impeça o trabalhador de trabalhar com qualidade de vida.

Entenda como a incapacidade é analisada

Quando uma doença da coluna é crônica e incapacita o trabalhador a ter uma qualidade de vida adequada a uma maior chance de garantir a aposentadoria.

Lembre-se que para essa questão será necessário comprovar que a doença deixa o trabalhador incapaz de trabalhar.

Nesse sentido serão necessários se atentar aos quatro requisitos para a concessão da aposentadoria:

  • Qualidade de segurado do requerente;
  • Carência mínima de 12 contribuições;
  • Superveniência de moléstia incapacitante para o desenvolvimento de qualquer atividade que garanta a subsistência; e
  • Caráter definitivo da incapacidade.

Nota! A incapacidade deverá ser comprovada através de uma perícia médica realizada pelo INSS.

Fonte: Jornal Contábil

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: