Publicidade


Bicentenário da Revolução de 1817 recebe homenagem na Câmara dos Deputados através do deputado Tadeu Alencar e Paulo Câmara

7 mar 2017|Postado em:Política

Câmara dos Deputados celebra Bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817

 

A Revolução Pernambucana de 1817 completou 200 anos nesta segunda-feira, 6 de março. Para celebrar este marco na história da luta por liberdade e por justiça social no Brasil, a Câmara dos Deputados realizou uma sessão solene, nesta terça-feira (07), requerida e então presidida pelo deputado Tadeu Alencar (PSB-PE).

“Foi uma revolução e um governo que embora tendo durando apenas 74 dias, pela sua força, pela bravura dos seus heróis, pela chama dos seus ideais, pelas vidas dadas em oferenda à pátria livre, cristalizou os valores que até hoje regem os nossos passos”, destacou Tadeu Alencar no início da homenagem.

O deputado também mencionou a relação entre os ideais da Revolução com dias atuais: “em tempos em que vemos escassear as republicanas virtudes, de violação grave dos deveres éticos da função pública; em tempos sombrios em que rareiam os líderes que possam colocar os interesses do País acima dos interesses pessoais e de grupos ou partidos; projeta-se com intensidade o clarão revigorante da revolução republicana de 1817, a nos conduzir como um farol apontando os caminhos libertários, sempre insurgentes, que devemos seguir”.

Já o governador de Pernambuco Paulo Câmara observou que, ao realizar a sessão solene, a Câmara dos Deputados deu uma importante contribuição para que seja mitigada uma dívida histórica com os pernambucanos. “Considerada pelo historiador Manuel de Oliveira Lima ‘a única revolução no Brasil digna deste nome’, a Revolução Republicana de 1817 nunca recebeu, da historiografia oficial, o destaque que ainda lhe é devido”, ressaltou.

Em seu discurso, o presidente nacional do PSB Carlos Siqueira disse que o povo de Pernambuco mostrou, ao longo da história, que sempre quis viver com liberdade e autonomia. Lembrou que além da Revolução Pernambucana de 1817, a Confederação do Equador e a Revolução Praieira foram importantes marcos da luta por liberdade.

Compuseram a mesa durante a sessão solene: o governador de Pernambuco Paulo Câmara, o vice-governador do Estado Raul Henry, a presidente da Academia Pernambucana de Letras Margarida Cantarelli, o presidente nacional do PSB Carlos Siqueira, o ministro das Cidades Bruno Araújo, a líder do PSB na Câmara deputada Tereza Cristina e o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

Fotos: Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados.

 

Marina Costa

Assessoria de Imprensa do Deputado Federal Tadeu Alencar


Publicidade



Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: