Publicidade


Governo de Pernambuco investe R$ 16,5 milhões para revitalizar equipamentos culturais

13 abr 2022|Postado em:Notícias


Publicidade



 

Governo de Pernambuco investe R$ 16,5 milhões para revitalizar equipamentos culturais

Fotos: Aluísio Moreira/SEI

Paulo Câmara anunciou a iniciativa que, ao todo, contemplará oito estruturas em três municípios, com início imediato

Como parte do Plano Retomada, o governador Paulo Câmara anunciou, nesta quarta-feira (12.04), um investimento de R$ 16,5 milhões na modernização e requalificação de equipamentos culturais gerenciados pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). O início das intervenções é imediato e a conclusão pode levar de dois a dez meses de duração, a depender do prédio.

A ação foi anunciada durante evento no Cinema São Luiz, no Recife, que será um dos contemplados. Também estão na lista a Torre Malakoff, Museu do Estado, Casa da Cultura e Museu do Trem, todos no Recife; Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco e Museu de Arte Sacra de Pernambuco, em Olinda; e Theatro Cinema Guarany, no município de Triunfo.

“A gente não quer apenas retomar as atividades econômicas e a geração de emprego e renda, e sim continuar olhando a preservação do patrimônio cultural de Pernambuco. Esses equipamentos são muito importantes, fazem parte da história do Estado e precisam estar devidamente adequados e em bom funcionamento”, afirmou Paulo Câmara.

Comemorando seu centenário em 2022, o Theatro Cinema Guarany já está recebendo novas poltronas e passará por serviços de requalificação e manutenção da edificação, além da implantação do sistema de climatização. O valor estimado das obras é de mais de R$ 1,2 milhões, com prazo máximo de entrega em cinco meses. Já o Cinema São Luiz, que completa 70 anos em 2022, receberá um aporte de mais de R$ 1,3 milhões para reformas estruturais, com entrega prevista para até seis meses. A Torre Malakoff receberá serviços de infraestrutura, também com máximo de seis meses e um orçamento superior a R$ 1,7 milhões.

No Bairro de São José, no Recife, a Casa da Cultura Luiz Gonzaga vai passar por serviços de recuperação na estrutura e receberá nova iluminação na área externa do estacionamento. A obra está orçada em cerca de R$ 3,1 milhões, com execução em até dez meses. A Estação Central Capiba/Museu do Trem do Recife também passará por reparos, com valor estimado em mais de R$ 2,3 milhões e mesmo prazo de execução.

Além de todas essas intervenções, está prevista a manutenção predial, no período de um ano, de todos os equipamentos culturais geridos pela Secretaria de Cultura e pela Fundarpe, ao custo de R$ 4,6 milhões. “Vamos deixar esses espaços mais dignos, com modernidade e conforto. Assim, a população conseguirá usufruir cada vez mais, em equipamentos que respiram nossa cultura”, pontuou o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

Outros três museus passarão por melhorias. No Recife, o Museu do Estado de Pernambuco receberá aproximadamente R$ 950 mil, com prazo máximo de execução das intervenções previsto para seis meses. Em Olinda, o Museu de Arte Sacra de Pernambuco será contemplado com cerca de R$ 247 mil para ampliar a acessibilidade ao espaço no prazo de até três meses, enquanto o Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco passará por uma recuperação estrutural nos próximos dez meses, orçada em R$ 926 mil.

“Esse investimento veio em uma hora muito positiva, quando estamos retomando as atividades culturais para o público. Vamos conseguir assegurar mais conforto, praticidade, segurança e garantir que a população volte a ocupar espaços como esse”, comemorou o gestor do Cinema São Luiz, Gustavo Coimbra.

Acompanharam o evento a vice-governadora Luciana Santos; o deputado federal Tadeu Alencar; os secretários estaduais Humberto Freire (Defesa Social), Marília Lins (Administração), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Gilberto Freyre Neto (Cultura), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas), Ernani Medicis (Procurador Geral do Estado), Milu Megale (Turismo e Lazer), Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão), André Longo (Saúde), Carlos José (Casa Militar), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), José Neto (Casa Civil) e Alexandre Gabriel (Assessoria Especial), além do presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, do prefeito do Recife em exercício, Romerinho Jatobá, e gestores dos museus contemplados.

 

ASCOM

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: