Publicidade


Junho contra o trabalho infantil | Hospital Português é parceiro em campanha do MPT

2 jun 2017|Postado em:Notícias

Sempre engajado em datas importantes, o Real Hospital Português, no Recife, decidiu aderir às ações do “junho contra o trabalho infantil”. Quem passar pela frente do centro hospitalar poderá ver, durante todo o mês, um cata-vento colorido. Ele simboliza a luta contra o trabalho infantil e foi confeccionado a partir de parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT).

A articulação do órgão faz parte das ações da campanha institucional #ChegadeTrabalhoInfantil e foi coordenada pela Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente.

De acordo com a procuradora do Trabalho à frente da articulação, Jailda Pinto, o cata-vento de cinco pontas coloridas (azul, vermelha, verde, amarela e laranja) é o ícone da luta contra o trabalho infantil no Brasil e no mundo, tendo relação com os cinco continentes, com as diversidades de raça e gênero. O símbolo é lúdico e expressa a alegria que deve estar presente na vida das crianças e adolescentes. Representa ainda movimento, sinergia e a realização de ações permanentes para a prevenção e a erradicação do trabalho infantil.

Junho
Em 12 de junho se lembra do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. A data foi instituída pela Organização Internacional do Trabalho e tem como objetivo alertar a população para o fato de muitas crianças serem obrigadas a trabalhar diariamente.

Dados
Quatro em cada 10 crianças vivem em situação de pobreza. Tal situação de vulnerabilidade as expõe ao trabalho infantil. O Brasil tinha até 2016 a meta de erradicar as piores formas de trabalho infantil, mas ela não foi atingida. A mais recente PNAD do IBGE mostra que no Brasil há 2,672 milhões de crianças e adolescente em situação de trabalho entre 5 e 17 anos. Em Pernambuco, houve aumento nos números, cerca de 12%. Antes, eram 109.000. Atualmente, são 122 mil. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 85 milhões de crianças no mundo estão enquadradas nas piores formas. Esse número corresponde a 51% do total do trabalho infantil no mundo.

Campanha
O trabalho infantil é um tema que sempre provoca discussão, mas, no final, a verdade é uma só: criança não deve trabalhar. Além de se privar da alegria da infância, a criança que trabalha normalmente abandona a escola, comprometendo seu desenvolvimento intelectual, físico, psicológico e emocional. Por isso, o Ministério Público do Trabalho convida a todos a fazerem parte da campanha #ChegadeTrabalhoInfantil, esse movimento de conscientização, para dar um basta no trabalho infantil em nosso país.

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*