Publicidade


Pessoas com deficiência participam de mutirão de serviços de saúde e cidadania no Pátio do Carmo

22 ago 2017|Postado em:Notícias


Publicidade

A ação promovida pela PCR faz parte da 16ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência, que continua na manhã desta quarta, com consultas e exames para as mulheres com deficiência no Hospital da Mulher

As pessoas com deficiência que circularam pelo Centro do Recife nesta terça-feira (22) tiveram acesso a um mutirão de serviços de saúde e cidadania promovido pela Prefeitura do Recife como parte da programação da 16ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência, que vai até o dia 28, com o tema“Somos diferentes, em luta por direitos iguais”. Durante toda a manhã, no Pátio do Carmo, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife fez emissão de 2ª via de certidões de nascimento, casamento e óbito, enquanto os profissionais da Secretaria de Saúde do Recife fizeram aferição de pressão, teste de glicemia, mamografia e distribuição de preservativos e kits de higiene bucal, além de orientações sobre arboviroses, tuberculose, hanseníase e saúde bucal.

O Instituto de Cegos Antonio Pessoa de Queiroz ofereceu ao público sessões de massoterapia, enquanto os estudantes do Centro Profissionalizante Osmar Soares fizeram cortes de cabelo. Já a Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead) recebeu currículos de pessoas com deficiência para encaminhar a empresas, além de dar orientações sobre o VEM Livre Acesso e sobre o transporte acessível do projeto PE Conduz. A Secretaria Executiva de Políticas sobre Drogas do Recife (Sepod) levou ações de prevenção ao uso de drogas, enquanto os profissionais e estudantes do Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau) disponibilizaram bicicletas adaptadas para as pessoas com deficiência.

A Semana da Pessoa com Deficiência foi instituída pela lei nº 18.246 desde o ano passado, então,independente da gestão, nós iremos sempre vivenciar essa data para dar visibilidade a essa parcela considerável da população. Nosso objetivo é pensar a inclusão da Pessoa com Deficiência na sociedade a partir do reconhecimento dos nossos direitos. Queremos que nos vejam como pessoas, e não como deficientes”, disse o gerente da Pessoa com Deficiência do Recife, Paulo Fernando.

Uma das pessoas com deficiência que aproveitou os serviços oferecidos pela Prefeitura do Recife nesta terça foi a dona de casa Audilene Maria da Rocha, 43 anos. “Mediram minha glicose e minha pressão, cortaram meu cabelo, me deram preservativos e orientações sobre a dengue, que são sempre úteis. Achei muito bom ter todos esses serviços aqui no centro da cidade porque tenho dificuldade para ir para longe”, contou a moradora da Mustardinha.

A cozinheira Maria José Gomes, 57 anos, estava indo fazer exame de vista quando viu o mamógrafo móvel num caminhão adaptado com uma rampa para garantir a acessibilidade das pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção. “Fui a primeira da fila do exame. Fiz mamografia há muitos anos e resolvi fazer de novo porque tenho três casos de câncer de mama na família”, contou a moradora do Ibura que tem dificuldade para se locomover depois que teve um acidente vascular cerebral.

PROGRAMAÇÃO – Sob o comando da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos, a Prefeitura do Recife deu início à 16ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência nessa segunda-feira, com o lançamento de uma cartilha em braile sobre atenção básica àsaúde. O primeiro dia contou também com uma roda de diálogo sobre os desafios de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trasvestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) com deficiência no Centro de Referência em Cidadania LGBT, no bairro da Boa Vista.

Nesta quarta-feira (23), a partir das 9h, o Hospital da Mulher do Recife ofertará consultas e exames (como mamografia e preventivo) para as mulheres com deficiência. Ao longo de todo o mês, a Secretaria de Saúde do Recife está ofertando serviços exclusivos para as pessoas com deficiência, a exemplo do caminhão de mamografia adaptado com rampa de acesso e exames de mamografia com equipamento adaptado nas unidades de saúde dos oito Distritos Sanitários e no Hospital da Mulher.

Na manhã da sexta-feira (25), a partir das 8h, a Divisão de Educação Especial da Secretaria de Educação do Recife promoverá apresentação de capoeira, recital de poesias e apresentação de um coral formado por alunos surdos no Compaz do Cordeiro. O equipamento também receberá uma palestra sobre empregabilidade da pessoa com deficiência.

A partir das 17h da sexta, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife realizará o 2º luau do Projeto Praia sem Barreiras – que oferece banho de mar assistido às pessoas com deficiência, através de cadeiras anfíbias, na Praia de Boa Viagem. As apresentações musicais acontecerão na arena do projeto, localizada na altura da Rua Bruno Veloso, do posto 7. O projeto integra o programa Turismo Acessível, da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), que é executado na capital pernambucana pela PCR, em parceria com a Uninassau.

No domingo (27), a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer preparou uma programação especial em homenagem à Semana da Pessoa com Deficiência. A partir das 9h, o Olha!Recife terá sua edição inclusiva. O passeio partirá com um ônibus adaptado da Praça do Derby, seguindo pela histórica Praça da República e faz uma parada para visitar o Palácio do Campo das Princesas. Em seguida, o grupo segue para fazer um tour pelo Bairro do Recife e desembarca no Recife Antigo de Coração (RAC), evento tradicional que acontece todo último domingo do mês.

Desta vez, o RAC será todo dedicado à inclusão. As brincadeiras de criança e todas as atividades esportivas serão adaptadas. Vai acontecer também a I Corrida Inclusiva Corrida para Amar, o Circo Social Inclusivo e o Dançando a Inclusão, onde será aberto espaço para grupos de toda a cidade mostrarem sua arte. No polo musical, Nena Queiroga será a grande mestre de cerimônia. A cantora receberá no palco vários artistas com deficiência, que são referência para a cultura de Pernambuco, como Cris Nolasto, o percussionista Diego Rocha, o Balé Florescer, entre outros.

Fotos: Daniel Tavares/PCR

Sofia Costa Rêgo
Assessora de Imprensa
Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos
Secretaria Executiva de Direitos dos Animais
Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: