Publicidade


Prefeitura de Olinda denuncia furto de plantas no jardim sustentável em Salgadinho

7 abr 2022|Postado em:Olinda


Publicidade



 

Prefeitura de Olinda denuncia furto de plantas no jardim sustentável em Salgadinho

Foto: Sandro Barros/PMO

Equipamento é o maior já instalado na cidade

A Prefeitura de Olinda denuncia o furto de plantas, na última semana, que compõem o jardim sustentável instalado na Avenida Professor Andrade Bezerra, em Salgadinho, o maior equipamento do tipo criado na cidade. Com o intuito de eliminar um ponto crítico de lixo, trazendo ainda mais limpeza e qualidade de vida para a população, é fundamental a contribuição de todos para a manutenção dos benefícios. Foram intensificadas rondas de fiscalização com o Controle Urbano e a Guarda Municipal para impedir a retirada das espécies.
No momento, está sendo realizada a grafitagem no local.

O projeto da Secretaria de Gestão Urbana de jardins sustentáveis, iniciado em 2018, já erradicou mais de 150 pontos críticos de lixo, entregando sustentabilidade, cores e paisagismo, melhorando ainda mais a qualidade de vida da população.

Mais de 250 pneus estão sendo utilizados pela Secretaria de Gestão Urbana em Salgadinho e cerca de 3500 já foram empregados nos mais de 150 jardins sustentáveis instalados na cidade. O número de mudas de plantas também é expressivo: 300 unidades de espécies tropicais serão plantadas na Avenida Professor Bezerra Andrade Bezerra. A iniciativa, de baixo custo, proporciona a redução de substâncias tóxicas no ar e estabilidade térmica com a eliminação de pontos críticos de lixo, que, além de sujeira, podiam afetar a saúde, a mobilidade e a segurança das pessoas.

Se antes o que se via era descarte irregular de lixo, agora os espaços contam com cores, plantas e o uso de materiais recicláveis.

 

Fonte: Prefeitura de Olinda

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: