Publicidade


“Que árvore é essa?” – Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade inicia série nas redes sociais sobre a arborização urbana

25 maio 2022|Postado em:RECIFE


Publicidade



 

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS) estará a partir desta quinta-feira ( 25) com um quadro nas suas redes sociais para divulgar as espécies de árvores que são adequadas para a arborização urbana, assim como aquelas que são inadequadas. Intitulada: “Que árvore é essa?”, a série será quinzenal e poderá ser acompanhada através do instagram (@recifesustentavel) e do Facebook

(https://www.facebook.com/desenvolvimentorecife)

A iniciativa tem o objetivo de apresentar curiosidades, características, peculiaridades e benefícios de cada espécie. 

De acordo com o chefe do Setor de Arborização e Compensações da SMAS, José Edson de Lima Torres, a iniciativa tem o propósito de compartilhar conhecimentos e experiências sobre a importância da arborização.  “A principal importância desse projeto é levar até a população o conhecimento técnico sobre as árvores e suas principais características e como ela se comporta em ambiente urbano, frisando ainda quais árvores devem ser utilizadas no plantio e as questões  ecofisiológicas de cada uma. Ao definirmos uma espécie para ser instalada em ambiente urbano, precisamos conhecer sua arquitetura, o tipo de fruto, possíveis princípios alergênicos, características morfológicas, como tipo de tronco e se possuem espinhos. Tudo isso para que possam ser tomadas a melhor decisão na hora de se fazer um plantio em diferentes espaços urbanos.”, avalia Edson.

Espécies que constam no manual de arborização da cidade serão destacadas na série, como ipês, pau-brasil, sibipiruna, pau-ferro, felício, entre outras. O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Carlos Ribeiro, aponta a importância de divulgar essa diversidade de espécies arbóreas no meio urbano. “A arborização no meio urbano é de extrema importância, uma vez que desempenha inúmeros serviços ambientais. E a população conhecendo um pouco mais sobre cada espécie pode ajudar nesse processo de conservação e manutenção das nossas árvores”, comenta Ribeiro. 

Ascom

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: