Publicidade


Prefeitura do Recife inicia requalificação de cinco ruas em Areias e no Jiquiá

22 jun 2024|Postado em:RECIFE

 

Os serviços vão contemplar a implantação de drenagem e pavimentação das vias Capitão João Lopes, Antônio Vaz, Avenida Tenente Filipe Bandeira de Melo, Passo de Santa Cruz e Porto Estrela e travessas, pelo Rua Tinindo, com investimento total de R$ 3,8 milhões

Nesta sexta-feira (21), o prefeito do Recife, João Campos assinou a ordem de serviço para o início de obras de pavimentação e drenagem, através do Programa Rua Tinindo. As intervenções serão executadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) nas vias Capitão João Lopes, Antônio Vaz, Avenida Tenente Filipe Bandeira de Melo, em Areias, e ruas Passo de Santa Cruz e Porto Estrela e travessas, no Jiquiá. A iniciativa vai melhorar as condições de circulação tanto de veículos quanto de pessoas, além do sistema de escoamento das águas das chuvas.

“A gente está no dia de hoje começando cinco novas ruas que serão calçadas aqui no Recife. Três em Areias e duas no Jiquiá, totalizando R$ 3,8 milhões em investimentos. A gente está começando hoje essas obras simultâneas e só vão parar quando estiverem prontas, estiverem tinindo e bem feitas, porque, enquanto tem muita gente em festa, a gente está, antes disso, trabalhando e realizando o que o Recife merece, que é a melhoria da sua infraestrutura”, ressaltou o prefeito João Campos. 

As obras do Programa Rua Tinindo já foram concluídas em 63 ruas e iniciados os serviços de pavimentação e drenagem em cerca de 50 vias distribuídas nas seis RPAs da cidade, melhorando as condições de tráfego e levando mais conforto, dignidade e qualidade de vida para moradores e condutores. 

A pavimentação da Rua Capitão João Lopes será em asfalto, numa extensão de 89,57m (área total de 707,61m²). A via contará com passeios e 192m de meio-fio. O investimento é de R$ 301.008,15. Na Rua Antônio Vaz a pavimentação em asfalto será numa extensão de 271,53m (área total de 1.670,95m²). A via contará com passeios e 515m de meio-fio. O investimento é de R$ 897.587,85. Já na Avenida Tenente Filipe Bandeira a pavimentação será em asfalto, numa extensão de 232,68m (área total de 2.294,72m²). A via contará com passeios e 515m de meio-fio. O investimento é de R$ 928.180,35. A drenagem implantada nessas vias contará com um total geral de 380m de tubulação, quatro caixas coletoras com gavetas, 24 caixas coletoras tipo grelha, 13 poços de visita e 2.460,60m de sarjeta.

Sumaia Pinheiro lembrou os anos de luta para conseguir pavimentar a rua. “A vida numa rua sem calçamento assim é péssima. A poeira é demais, a gente limpa a casa, é só chão preto, muita areia. No inverno fica com água na porta, acumulada. Agora eu estou com a expectativa melhor possível, de ter uma rua pavimentada, que vai valorizar inclusive nossas casas. Calçar essa rua é uma luta de 20 anos, de muita gente. Foram muitas reuniões, muitos pedidos para ver esse sonho realizado. Eu quero muito que isso aqui melhore”, contou a moradora. 

Já no bairro do Jiquiá, as intervenções serão executadas nas seguintes vias: na Rua Passo de Santa Cruz a pavimentação em asfalto e Paver será numa extensão de 745m (área total de 5.463m² em asfalto e 681m² em Paver). A via contará com passeios. O investimento é de R$ 1.432.482,65. Na Rua Porto Estrela a pavimentação será em asfalto numa extensão de 91m (área total de 559m²). A via contará com passeios. O investimento é de R$ 175.514,55. E na Travessa Porto Estrela, a pavimentação será em asfalto numa extensão de 68m (área total de 310m²). A via contará com passeios. O investimento é de R$ 146.032,75.

A drenagem implantada nessas vias contará com um total geral de 522m de tubulação, 39 caixas coletoras com gavetas, duas caixas coletoras tipo grelha, 25 poços de visita e 1.744m de sarjeta. As obras terão início em julho e deverão durar quatro meses.

Há dez anos morando no local, seu Josias da Silva foi um dos pioneiros a ocupar a comunidade. “Eu cheguei nessa comunidade só tinha um campo de futebol, era um descampado. Hoje, depois de muita luta, ver nossa rua ser calçada é um sonho. Uma rua calçada é ter qualidade de vida. A vida das pessoas mudam. Você pode pegar um Uber, uma ambulância, um bombeiro chegar a sua casa, qualquer coisa. E na forma que se encontra hoje, não tem condições. Essa obra nós já apelamos para todo mundo, e finalmente vamos ver ela saindo do papel”, disse, emocionado.

Fotos: Marlon Diego/Prefeitura do Recife

Assessoria de Imprensa PCR

Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*