Publicidade


Vândalos promoveram quebra-quebra na rede municipal de saúde do Recife assustando médicos e pacientes

3 mar 2017|Postado em:Notícias

O barato que sai caro. Ação de marginais amedronta profissionais e usuários do Centro de Saúde Prof Romero Marques no Prado

Mais um caso de violência na rede municipal de saúde do Recife o que deixou médicos e pacientes assustados, com a audácia dos marginais que invadiram, domingo passado (26), o Centro de Saúde Profº Romero Marques, localizado no bairro do Prado/Recife.

Na ação, os marginais arrombaram a porta principal da unidade,  levaram um computador, um microondas, um “gelágua”, medicações as mais variadas dentre as quais todas as insulinas, antibióticos, cremes vaginais e lâmpadas fluorescentes da área externa. Não satisfeitos, os meliantes quebraram algumas janelas e cortaram a energia elétrica, deixando um lote das vacinas do Programa Nacional de Imunização (PNI) perdido, causando enormes prejuízos  à população.

Durante a visita de representantes do  Simepe e Cremepe, nesta quinta-feira (1), foram relatados casos de assaltos à mão armada (quase que diários) àquela unidade  de saúde.  O Simepe lamenta que, apesar das várias denúncias feitas desde o ano passado à Secretaria de Saúde nada foi feito no quesito de garantir a segurança aos usuários e trabalhadores (as). Mas, garante continuar na luta em defesa dos médicos e usuários.

O presidente Tadeu Calheiros classificou este exemplo de arrombamento em mais uma unidade da rede  de saúde do Recife, como de o “barato que sai caro” pela falta de investimentos na segurança nos postos de estratégia de saúde da família, policlínicas e maternidades da Prefeitura do Recife. De imediato, ele solicitou providências ao secretário de Saúde, Jailson Correia.

Calheiros ratificou a necessidade da volta imediata da vigilância armada às unidades de saúde, porque além do prejuízo financeiro, a USF Professor Romero Marques/Distrito Sanitário 5, vai ficar fechada por dois dias sem atendimento, prejudicando seu objetivo de cuidar da população.

Assessoria de Comunicação do Simepe
Compartilhe:

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*


%d blogueiros gostam disto: