ago 15

15 agosto 2022

Gravação do DVD de João Gomes modifica trânsito no Bairro do Recife nesta quarta (17); veja mudanças


Publicidade



 

João Gomes

João Gomes – Foto: Prefeitura de Caruaru

Modificações começarão já às 4h da manhã

A partir das 4h nesta quarta-feira (17), trechos do Bairro do Recife começarão a ser fechados para impedir a circulação de veículos na região devido a gravação do DVD do cantor João Gomes, no Marco Zero da capital pernambucana

De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), a medida visa oferecer segurança para os pedestres que seguirão para o show, previsto para iniciar às 17h da quarta. Os organizadores do evento estimam 80 mil pessoas na ocasião.

A interdição será de forma escalonada, iniciando às 4h com as ruas em torno do Marco Zero. Ao meio-dia, a interdição será ampliada e, às 15h, todas as pontes que dão acesso ao Bairro do Recife serão fechadas ao tráfego de veículos. Esses horários poderão sofrer modificações, segundo a CTTU, tanto ser antecipados quanto adiados a depender do fluxo de pedestres na área.

Confira abaixo o mapa e os horários:

Ruas e pontes do Bairro do Recife serão bloqueadas. Foto: Divulgação

“Essa gradação é necessária para que a gente possa garantir a segurança das pessoas, entendendo que será um dia útil e o bairro estará funcionando normalmente. Nosso objetivo é garantir a chegada das pessoas que trabalham no local e, após a percepção dos nossos agentes de trânsito, os bloqueios vão evoluindo gradativamente. No momento em houver uma grande concentração de público, evidentemente que transporte particular, táxi e ônibus deverão ser retirados do perímetro”, explicou André Luiz Pereira, gerente de operações da CTTU.

O estacionamento de veículos estará proíbido, incialmente, em três ruas: Vigário Tenório, Barbosa Lima Sobrinho e Álvares Cabral. André Luiz orienta que o público que vai conferir a gravação deixe os carros em casa. “Entendendo que a questão do estacionamento estará muito precária, o ideal é que você venha de transporte público, táxi ou carro de aplicativo. Venha curtir o show, mas venha sem veículo”, recomendou.

Bloqueios a partir das 4h:
– Avenida Alfredo Lisboa, na altura da rua da Moeda; Rua da Moeda, na altura da Rua Dona Maria César e da Rua da Assembléia; Rua Mariz e Barros, próximo às ruas Tomazina, Vigário Tenório, Álvares Cabral e as avenidas Marquês de Olinda e Rio Branco; Avenida Barbosa Lima Sobrinho, próximo à Rua do Apolo, à Rua do Bom Jesus e à Rua da Guia; Rua Domingos José Martins, na altura da Avenida Alfredo Lisboa

Bloqueio a partir das 12h: 
– Avenida Alfredo Lisboa

Bloqueios a partir das 15h:
– Ponte do Limoeiro; Ponte Buarque de Macedo; Ponte Maurício de Nassau; Ponte Giratória; e Ponte Princesa Isabel.

A gestão da cidade lembra que todas as pessoas que forem ao evento serão revistadas, primeiramente pela equipe de segurança privada contratada pela produção do show, que estará nas quatro pontes que dão acesso à ilha do Bairro do Recife, e depois pelos 120 servidores da Secretaria Executiva de Controle Urbano (Secon), que estarão em seis barreiras do perímetro de onde o público verá a apresentação.

As revistas visam a impedir a entrada de garrafas de vidro e demais objetos perfurantes, além de armas de qualquer espécie. A população que desejar, poderá levar coolers de bebidas, desde que não contenham recipientes de vidro.

 

Fonte: Folha de Pernambuco

Compartilhe:

Postado em Notícias, RECIFE | Por

ago 15

15 agosto 2022

Veja quais os carros vão estar isentos de IPVA em 2023

 

Veja quais os carros vão estar isentos de IPVA em 2023

O imposto não é cobrado a depender do ano de fabricação. Veja.

Quem é que gosta de pagar impostos, não é mesmo? Ainda mais aqueles que se acumulam no início de todos os anos, como IPTU e IPVA. Contudo, temos uma ótima notícia com relação a este último tributo.

Alguns proprietários de veículos ficarão isentos do pagamento de IPVA (Imposto sobre propriedade de Veículos Automotores) em 2023. Quem tem carro sabe como é importante manter o IPVA em dia, principalmente porque não dá para fazer o licenciamento se ele estiver atrasado.

Entretanto, de acordo com as regras do imposto, alguns veículos são isentos do pagamento de IPVA, a depender da data de fabricação no estado em que ele é licenciado.

Nesta leitura trazemos a lista dos veículos que ficarão isentos em 2023. Confira!

Ano de fabricação do veículo

Veja então exemplos de carros que não vão pagar o IPVA no ano de 2023. Isso porque eles possuem uma certa idade (contando o ano de fabricação).

Por ser um imposto estadual, cada unidade federativa tem as suas regras que são as seguintes:

  • 10 anos de fabricação: Acre, Rio Grande do Norte e Roraima;
  • 15 anos de fabricação: Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins;
  • 18 anos: Mato Grosso;
  • 20 anos de fabricação: Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo;
  • 23 anos ou mais: Alagoas;
  • Veículos com 30 anos ou mais: Santa Catarina;
  • Redução Progressiva: Pernambuco e Minas Gerais.

Ou seja, uma boa parte dos veículos não precisarão pagar os impostos. Chegou a hora de ver alguns modelos que não irão pagar o IPVA 2023. Acompanhe no próximo tópico.

Carros que não irão pagar o IPVA 2023

  • A partir de 10 anos de fabricação: Audi A3 2010, Chevrolet Astra 2010, Citroen C3 2010, Citroen C4 Pallas 2012, etc.;
  • A partir de 15 anos de fabricação: Audi A3 2007, BMW Z4 2007, Fiat Brava 2007, Ford Ka 2007, etc.;
  • A partir de 18 anos de fabricação: VW Gol, GM Corsa, GM Celta, Fiat Siena, etc.;
  • A partir de 20 anos de fabricação: Fiat Fiorino 2002, Fiat Uno 2002, Fiat Stilo Schumacher Season 2006, Jeep Wrangler 2002, etc.;
  • Fabricados até 1985: Toyota Corolla SE-G 2003, Chevrolet Chevette 1985, Dodge Dart 1970, Volkswagen Fusca 1985, etc.;
  • Isenção progressiva: Ford Model A 1929, Volkswagen Fusca 1961, Volkswagen Passat 1979, etc.

IPVA serve só para conservar ruas e estradas?

Via de regra, muitos acreditam que os recursos do IPVA servem só para financiar a conservação de rodovias. Isso pode ser porque este tributo tem origem na Taxa Rodoviária Única (TRU), que tinha a mesma finalidade dos pedágios quando foi extinta.

 Embora tenha nascido da TRU e incida sobre a posse do veículo, o IPVA tem a receita destinada a gastos públicos definidos estritamente pelos governadores e pelos prefeitos. E estes dividem a receita meio a meio.

Onde é investido o dinheiro do IPVA?

Embora os governantes tenham que respeitar uma porcentagem mínima de investimento na saúde e na educação, não quer dizer que a receita do IPVA tenha que ir obrigatoriamente para essas áreas. Pois impostos, diferentemente de taxas, não apresentam vinculação com o destino dos recursos.

Sendo assim, o ideal é que todo esse dinheiro arrecadado, anualmente dos proprietários de veículos, seja investido na melhoria dos serviços públicos em geral, abrangendo setores como saúde, segurança, educação, mobilidade e até mesmo a malha rodoviária.

 

 

Fonte: Jornal Contábil

Compartilhe:

Postado em Notícias | Por

ago 15

15 agosto 2022

Danilo: “o IPVA de Pernambuco será o menor do Nordeste”

Danilo: “o IPVA de Pernambuco será o menor do Nordeste”

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de Pernambuco será o menor do Nordeste a partir de 2023, quando Danilo Cabral for governador. O candidato assumiu esse compromisso com todos os pernambucanos, nesta segunda-feira (15), durante entrevista à Rádio Liberdade de Caruaru. Além do IPVA, Danilo já havia se comprometido com a competitividade da nossa economia assegurando que os pernambucanos não pagarão mais imposto que em nenhum estado nordestino. 

“O IPVA de Pernambuco será o menor do Nordeste! Nós precisamos garantir uma política tributária para que quem vier empreender aqui, possa ter a certeza que vai pagar imposto de forma justa. Aqui em Pernambuco, no mínimo vamos dar as mesmas condições que qualquer outro estado do Nordeste. Se alguém baixar imposto, vamos baixar também! Seja na Bahia, Ceará, na Paraíba ou em qualquer outro. Nós vamos igualar a competitividade para quem quiser investir no nosso estado. Para que a gente possa gerar também atração de empreendimentos; alem de crédito, de toda essa parte da infraestrutura, logística, estrada, água, da formação de capital humano”, argumentou Danilo. 

O candidato de Lula assegurou que vai potencializar o investimento público do governo a partir de 2023. Nos quatro anos da gestão de Danilo, o Estado vai aplicar R$ 15 bilhões em políticas públicas e obras que vão levar desenvolvimento a todas as regiões do estado; com foco principal no combate à pobreza. Esses investimentos serão possíveis graças a planejamento, parcerias com o presidente Lula e priorização de uma agenda bem definida. 

Traduzindo o seu compromisso, Danilo explicou que essa potencialização vai ser garantida pelo fato de o Estado estar com as contas organizadas. O futuro governador vai promover um ambiente de negócios que estimule as empresas a se instalarem em Pernambuco, gerando mais oportunidades de emprego para a nossa gente. Uma dessas iniciativas, explicou Danilo, será com o programa “Emprego Novo”. 

“Queremos estimular aqueles que estão empreendendo em qualquer setor da economia. Queremos dividir com eles os pagamentos dos salários. Você que é empresário, empreendedor, o Governo de Pernambuco vai dividir essa conta com você”, destacou Danilo, reforçando que o programa valerá para todos os setores da economia; indústria, comércio, serviços e outros.

Foto: Marcus Mendes

Assessoria de Comunicação

Compartilhe:

Postado em Política | Por

ago 15

15 agosto 2022

Interdição na BR-232 para nova etapa de obra causa engarrafamento no sentido Recife

Um trecho da BR-232, no Curado, Zona Oeste do Recife, foi interditado para uma nova etapa das obras na rodovia. Com isso, nesta segunda-feira (15), as pessoas vindas do interior para a capital enfrentaram um engarrafamento quilométrico desde as primeiras horas da manhã (veja vídeo).

O bloqueio do trecho, que fica perto da lombada eletrônica, foi feito no sábado (13). Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a faixa de rolamento central fica fechada no sentido interior/capital por até 45 dias para a nova etapa da obra de triplicação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou mais de 3 quilômetros de engarrafamento, por volta das 8h.

Diariamente, mais de 70 mil veículos circulam pelo trecho interditado, segundo o departamento. Nesta segunda-feira, quem vem da BR-408 e da BR-232 enfrentou engarrafamento devido ao “gargalo” causado pela interdição.

No sentido contrário, quem saía do Recife em direção ao interior, a circulação dos veículos era tranquila.

O DER informou que a nova fase da obra prevê a implantação de pavimentação em concreto armado nas pistas principais, em um trecho com extensão de 1,4 quilômetro, entre o quilômetro 10 e o 11,4.

Ainda segundo o departamento, o motorista que estiver a caminho do Recife deve ficar atento. Após a lombada eletrônica, é preciso pegar a alça de acesso à BR-408 ou seguir pela pista local da BR-232 até o quilômetro 10, no Atacado dos Presentes (veja vídeo).

Para quem trafega no sentido interior, não haverá mudanças na circulação dos veículos e tráfego continuará normalmente pela pista existente nesta etapa da obra.

Iniciadas em março deste ano, as intervenções na BR-232 serão feitas em 6,8 quilômetros e têm prazo previsto para serem concluídas em um ano. Até este sábado, segundo o DER, 25% dos trabalhos foram concluídos.

Segundo o DER, passam pela área, diariamente, 67 mil veículos. As obras estão orçadas em R$ 100 milhões.

O DER orientou que o motorista que estiver a caminho do Recife deverá ficar atento — Foto: Divulgação/DER

O DER orientou que o motorista que estiver a caminho do Recife deverá ficar atento — Foto: Divulgação/DER

Fonte: g1 PE

Compartilhe:

Postado em Notícias, RECIFE | Por

ago 15

15 agosto 2022

Pesquisa Folha de Pernambuco/IPESPE: Marília com 31% e empate técnico no segundo lugar

 

Pesquisa Folha de Pernambuco/IPESPE: Marília com 31% e empate técnico no segundo lugar

Marília Arraes – Tiago Calazans/Divulgação

Levantamento mostra intenções de voto dos pernambucanos para as Eleições 2022

A candidata Marília Arraes, do Solidariedade segue liderando, com 31% das intenções de voto, a corrida para o Governo de Pernambuco, de acordo com a 2ª Pesquisa Eleições 2022 Folha de Pernambuco/Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE). Em segundo lugar, há um empate técnico entre todos os outros candidatos mais bem pontuados: Raquel Lyra (PSDB) tem 13%; Anderson Ferreira (PL) foi o escolhido por 12% ; Danilo Cabral (PSB) ficou com 11% e Miguel Coelho, do União Brasil, com 10%. Brancos e nulos somaram 12% e não sabe/não responderam, 10%.

Esses números refletem a pesquisa estimulada, onde os eleitores recebem um cartão com todos os nomes que estão na disputa. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.
A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 12 de agosto e ouviu mil pernambucanos de todo o Estado. Ela está registrada no TRE/PE com o protocolo PE-00637/2022 e, no TSE, com o número BR-04466/2022.

Comparação

A primeira pesquisa teve sua coleta de dados realizada entre os dias 28 e 30 de junho deste ano. Comparando os dois levantamentos, a candidata Marília Arraes subiu dois pontos percentuais – de 29% para 31% na segunda pesquisa.

Já Raquel Lyra e Anderson Ferreira permaneceram com o mesmo percentual da primeira pesquisa. O candidato governista Danilo Cabral subiu um ponto percentual, de 10% para 11%. O mesmo aconteceu com Miguel Coelho, que passou de 9% para 10%. O empate técnico no segundo lugar leva em conta a margem de erro indicada pela pesquisa.

Ainda de acordo com o levantamento, Wellington Carneiro (PTB) tem 1% das intenções de voto. Os demais candidatos Esteves Jacinto (PRTB), Jadilson Bombeiro (PMB), Cláudia Ribeiro (PSTU), Jones Manoel (PCB), João Arnaldo (PSOL) e Ubiracy Olímpio (PCO) não pontuaram.

Rejeição

Entre os eleitores, 12% disseram que não pretendem votar em nenhum desses nomes. O mesmo resultado da primeira rodada da pesquisa. Já aqueles que disseram que ainda não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder, passou de 15% para 10%.

Os entrevistados também foram perguntados em que candidato,  não votariam de jeito nenhum. Neste caso, a maior rejeição ficou com Anderson, apontado por 25% dos pesquisados. Em seguida, vem Danilo, com 22%. Marília  é a terceira mais rejeitada, tendo sido apontada por 20% dos entrevistados. Miguel e Raquel têm 16% e 15% de rejeição, respectivamente.

Entre aqueles que pretendem votar em um dos candidatos já mencionados, 73% dos entrevistados afirmaram que suas escolhas já estão definidas. Outros 26% disseram que ainda podem mudar o voto até o dia da eleição.

Resultados em grupos específicos

A 2ª Pesquisa Eleições 2022 Folha/IPESPE ainda mostrou que a candidata Marília Arraes (SD) é a preferida entre os homens, 32%, e também entre as mulheres, 29%. Já o segundo lugar, para o eleitorado masculino, ficou com Anderson Ferreira (PL), com 15%. Entre o público feminino, o segundo lugar ficou com Raquel Lyra (PSDB) com 13%.

Em terceiro lugar, para os homens, está Raquel com 14%. Danilo  (PSB) vem em seguida, com 10% das intenções de voto. Já Miguel  tem 10% desse eleitorado. Em relação à escolha das eleitoras pernambucanas, o terceiro colocado é Danilo (PSB),  com 11%. Depois, vem Miguel com 10% e o quinto lugar é de Anderson  com 9% das intenções de voto das mulheres.

Faixa etária

Por faixa etária, Marília Arraes também vence em todas elas. Entre os mais novos, de 16 a 24 anos, ela é preferida por 27%. Raquel  Lyra vem em seguida, com 18%. Anderson  é o escolhido por 12% ; Miguel Coelho tem 10% e Danilo Cabral, 9%.

Já na faixa etária mais velha, 60 anos ou mais, Marília Arraes é a escolhida por 32% dos entrevistados. Raquel Lyra fica em segundo, com 16%; Anderson Ferreira tem 13%; Miguel Coelho, 9% e Danilo Cabral, 8%.

Região

Quando levado em conta o domicílio do eleitor, 34% dos que moram na Capital votam em Marília Arraes. Anderson Ferreira tem 19%. Danilo Cabral ficou com 11%.

Já entre os entrevistados que moram na periferia, Marília tem 28%; Anderson, 19% e Raquel, 11%. No interior, a candidata do Solidariedade alcança 31%. Os dois ex-prefeitos de Caruaru e Petrolina empatam em segundo lugar, com 15% cada um.

Intenção de voto para governador

Pesquisa Folha de Pernambuco/IPESPE

 

Fonte: Folha de Pernambuco

Compartilhe:

Postado em Política | Por