abr 11

11 abril 2021

Implantação do binário Piedade-Prazeres causa modificações no trânsito de Jaboatão dos Guararapes

 

Binário Piedade Prazeres — Foto: Divulgação/Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

De acordo com a prefeitura, o objetivo é melhorar o fluxo e reduzir os engarrafamentos frequentes na região; itinerário de linhas de ônibus também sofre mudanças.

Começa a ser implantado neste domingo (11) o novo binário Piedade/Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, que causará modificações no tráfego de veículos. De acordo com a prefeitura, o objetivo é melhorar o fluxo e reduzir os engarrafamentos frequentes na região.

No novo formato, a Avenida Barreto de Menezes passará a ser mão única de Prazeres a Piedade, até a Avenida Bernardo Vieira de Melo. Já a Avenida Arão Lins de Andrade passará a ser mão dupla, da Avenida Beira Mar até a Avenida Agamenon Magalhães, em Prazeres, ficando obrigatório para o motorista seguir pela Avenida Francisco Galvão para ter acesso à Estrada da Batalha.

No novo binário, o início da Avenida Arão Lins de Andrade até a Avenida Agamenon Magalhães será em sentido único e ficará proibido virar à esquerda na Rua Almirante Dias Fernandes. Outra mudança significativa será na Rua Santo Elias (em Prazeres), que terá mão dupla em toda a sua extensão. Para quem vem de Piedade, o motorista terá que entrar na Rua Almirante Dias Fernandes e cruzar a Avenida Barreto de Menezes.

Haverá alteração também na Rua 4 de Outubro, com mão única seguindo da Rua Recife para a Rua Santo Elias. Para quem trafegar na Avenida Arão Lins de Andrade, haverá um via provisória em direção à Avenida Barreto de Menezes, passando à frente do Palácio da Batalha. O trecho será utilizado até ser concluída a obra da rua que será aberta ao lado da loja Atacadão.

Linhas de ônibus

As mudanças também vão causar alterações no trajeto de 14 linhas do transporte coletivo e, consequentemente, nas paradas de ônibus. Todos os veículos que atualmente circulam na Avenida Barreto de Menezes passarão para a Avenida Arão Lins de Andrade.

As paradas que hoje estão localizadas na via interna da Avenida Ayrton Senna e na Barreto de Menezes serão retiradas. Como opção, será instalado um novo ponto de ônibus em frente ao número 330 da Avenida Arão Lins de Andrade, próximo à sede da OAB, seccional Jaboatão.

Dúvidas sobre as alterações no tráfego podem ser esclarecidas por meio do número da Central de Trânsito do Jaboatão: (81) 3342-1857.

Fonte: G1 PE

Compartilhe:

Postado em Jaboatão | Por

abr 10

10 abril 2021

APA arrecada tênis femininos e masculinos para atletas e paratletas da instituição

 

A associação conta com cerca de 200 atletas e para atletas que representam a região em diversas competições pelo país. — Foto: Istock Getty Images

A medida foi tomada para evitar que os esportistas desistam da carreira por falta de equipamentos, incentivos e eventos. A associação conta com cerca de 200 atletas

A Associação Petrolinense de Atletismo (APA) está com uma campanha para arrecadar tênis esportivos para os atletas e paratletas da instituição. De acordo com a organização, a medida foi tomada para evitar que os esportistas desistam da carreira por falta de equipamentos, incentivos e ausência de eventos por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os interessadas podem doar tênis novos ou em bom estado de conservação, de qualquer tamanho masculino ou feminino. As doações podem ser entregues na guarita do Sesi em Petrolina ou na pista de atletismo do local, das 7h às 9h, de segunda a sexta.

As pessoas que não conseguirem entregar as doações no ponto indicado, podem entrar em contato com os organizadores através dos números: (87) 9 9968-9779, (87) 9 8801-7077 e (87) 9 8835-8313.

A associação conta com cerca de 200 atletas e paratletas que representam a região em diversas competições pelo país.

 Redação do ge — Petrolina, PE

Fonte: Globoesporte.com

Compartilhe:

Postado em Notícias | Por

abr 10

10 abril 2021

Calendário do Funcultura terá prazo de inscrição para outros dois editais: Funcultura Geral e da Mús

 

Funcultura – Foto: Divulgação

 

Junto aos do Audiovisual e Microprojeto Cultural, que já estão com inscrições abertas, editais totalizam cerca de R$ 37 milhões

Quem é trabalhador da área de cultura, além dos editais do Funcultura que já estão com inscrições abertas (Funcultura Audiovisual e Microprojeto Cultura), os produtores culturais devem ficar atentos também a outros dois prazos de inscrições: o Funcultura Geral, de 19 a 30 de abril deste ano; e o Funcultura Música, de 3 a 15 de maio deste ano.  Em todos os casos, as inscrições devem ser realizadas por meio da Plataforma on-line Prosas (www.cultura.pe.gov.br/editais-prosas). Os cinco editais garantem cerca de R$ 37 milhões em investimentos para a produção cultural independente de Pernambuco.

No Funcultura Geral (2020-2021), serão disponibilizados R$ 15,68 milhões para incentivar projetos das seguintes linguagens culturais: Artes Integradas, Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres, Artesanato, Circo, Cultura Popular e Tradicional, Dança, Design e Moda, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Ópera, Patrimônio, Teatro, Formação e Capacitação e Pesquisa Cultural.

Com R$ 4,16 milhões para diversas categorias do segmento, o Funcultura da Música (2020-2021) também foi divulgado – disponibilizando o montante de: Circulação (R$ 920 mil), festivais (R$ 750 mil), Gravação (R$ 650 mil), Produtos e Conteúdos (R$ 335 mil), Economia da Cultura (R$ 150 mil) e Manutenção de Bandas de Música (Filarmônicas), Escolas de Bandas de Música e Corais (R$ 250 mil). Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

AUDIOVISUAL

No biênio 2020-2021, serão investidos R$ 14,28 milhões na produção audiovisual de Pernambuco – sendo R$ 9,28 milhões em recursos exclusivos do Governo do Estado e R$ 5 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Com estes recursos, o 14º Edital do Funcultura Audiovisual (2020/2021) destinará R$ 8 milhões para os projetos aprovados nas categorias de longa-metragem (produção e finalização) e produtos para televisão (obra seriada documental, obra seriada ficção, obra seriada animação, telefilme documental e telefilme ficção ou animação).

O segundo edital, o 15º Edital do Funcultura Audiovisual (2020-2021), destinará o valor de R$ 6,28 milhões, para categorias não contempladas no primeiro certame: curta-metragem, games, difusão, formação, desenvolvimento do cineclubismo, “revelando os pernambucos”, pesquisa e preservação, desenvolvimento de longa-metragem, desenvolvimento de produtos para TV, obra seriada de curta duração, finalização e distribuição de longa-metragem e websérie/webcanal.

MICROPROJETO CULTURAL

Com R$ 640 mil em investimentos, sendo R$ 15 mil o teto para cada projeto, o Microprojeto Cultural abrange iniciativas que se enquadrem em qualquer segmento cultural e irá contemplar projetos em todas as macrorregiões do Estado. O prazo de inscrições começou nesta segunda-feira (5) e encerra no próximo dia 16 de abril.

Serão contempladas cerca de 40 propostas de indivíduos, grupos e coletivos, formados por jovens (18 a 29 anos) de baixa renda, principalmente, de regiões ou cidades pernambucanas com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); ou iniciativas de pessoas jurídicas sem fins lucrativos para a população jovem em situação de vulnerabilidade. A previsão para a divulgação do resultado final é o dia 30 de setembro deste ano.

 

Fonte: Folha de Pernambuco

Compartilhe:

Postado em Notícias | Por

abr 10

10 abril 2021

Auxílio Emergencial: ainda não é possível realizar transferências via PIX

 

De acordo com as informações oficias, o trabalhador que recebe o dinheiro agora vai ter que esperar para transferir via PIX

O Governo Federal já começou a fazer os pagamentos do novo Auxílio Emergencial. Como se sabe, os pagamentos estão acontecendo apenas na conta digital do Caixa Tem. E quem quiser fazer transferências usando o PIX, vai ter que esperar alguns dias.

De acordo com as informações da própria Caixa Econômica Federal, a liberação para transferir o dinheiro via PIX ainda vai demorar algumas semanas para todos os grupos. Eles afirmam que em média cada pessoa terá que esperar um mês para fazer isso.

Os informais que nasceram no mês de fevereiro, por exemplo, já puderam receber o dinheiro da primeira parcela nesta sexta-feira (9). Mas eles só poderão fazer essa transferência por PIX no próximo dia 6 de maio. Nesse caso portanto nós estamos falando de uma diferença de quase um mês.

A lógica é a mesma do calendário dos saques. Todos os informais devem seguir esse calendário. Assim que o Governo liberar os saques, ele também vai liberar a transferência via PIX. Mas cada caso é um caso. Quem nasceu em janeiro, por exemplo, tem um calendário diferente de quem nasceu em dezembro.

Então agora as pessoas só poderão usar esse dinheiro para fazer pagamentos básicos. Pagar aquela conta de luz e de água, por exemplo, pode ser uma boa opção para essas pessoas. Seja como for, não há como negar que essa regra deu muita polêmica nos últimos dias. Muita gente já queria sacar esse dinheiro agora.

Por que o Governo impôs essa regra?

Em entrevista recente, o Presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, disse que essa regra existe para evitar o contato físico de pessoas. É que se o Governo deixasse os saques acontecerem agora, seria natural que as pessoas fossem todas para as agências para retirar o dinheiro.

Como esse calendário, a Caixa espera que as pessoas evitem ir aos pontos físicos de atendimento. É que eles entendem que o país está passando por uma pandemia que já matou mais de 340 mil pessoas desde que chegou por aqui. Por isso, eles querem evitar qualquer tipo de aglomeração.

Além disso, eles temem que o sistema da internet entre em colapso. Foi justamente por isso que eles decidiram fazer um calendário escalonando os meses tanto de recebimento como de saques também. É uma maneira de evitar que todo mundo vá fazer a mesma coisa no mesmo horário.

Abaixo você confere o calendário de saques, que é o mesmo da liberação das transferências via PIX:

Filas pelo Auxílio

Mas se a intenção da Caixa foi mesmo acabar com as filas em agências da Caixa, dá para dizer que o plano não deu muito certo. Pelo menos nos primeiros dias da liberação do Auxílio, foi possível perceber muitas filas em várias agências da Caixa Econômica ao redor do Brasil.

Imagens que circulam pela internet mostram grandes filas em várias cidades de estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Pernambuco. Isso só para ficar em quatro exemplos. Em Fortaleza, no Ceará, as pessoas chegaram a dormir a noite inteira na frente das agências para guardar lugar na fila para o dia seguinte.

Seja para saber informações sobre o PIX ou não, a principal dica da Caixa neste momento é evitar ir para as agências. De acordo com o Presidente do banco, a melhor maneira para resolver um problema é mesmo apelando para os canais oficiais do Governo Federal e da própria Caixa na internet.

Compartilhe:

Postado em Notícias | Por